Primeiros benchmarks mostram a performance das CPUs Threadripper no Alienware Area 51

Primeiros benchmarks mostram a performance das CPUs Threadripper no Alienware Area 51

Compartilhar

O canal Linus Tech Tips conseguiu sinal verde para furar alguns embargos e lançou alguns de seus testes com o modelo Area 51 Threadripper Edition, modelo que já nos dá uma ideia do que o Ryzen Threadripper 1950X será capaz de fazer em games e aplicações profissionais.

Na disputa estão o Core i9-7900X (identificado como plataforma X299 nos gráficos), adversário óbvio já que ambos custam US$ 999, e também plataformas mais “mainstream” como o Core i7-7700K (Z270) e o Ryzen 7 1800X (X370).

Os resultados são dentro do esperado. Quem está pensando em montar uma plataforma para jogos não terá grande vantagem em utilizar um processador Threadripper comparado a um Ryzen convencional (o mesmo acontece no comparativo Core i9 vs Core i7), porém quando você coloca aplicações profissionais que fazem uso de quantidades massivas de threads e cores, aí as coisas mudam bastante de figura. A política de entregar mais núcleos pelo mesmo preço que a rival Intel mostra o seu valor em testes com o Blender e o CineBENCH, enquanto em games ter 4, 8, 10 ou 16 núcleos… não importa muito.

2345

Fonte: Adrenaline