Microsoft desiste de forçar que PCs com processador Skylake sejam obrigados a...

Microsoft desiste de forçar que PCs com processador Skylake sejam obrigados a atualizar para o Windows 10 em 2017

Compartilhar

Em janeiro a Microsoft foi amplamente criticada depois de anunciar a decisão que usuários do Windows 7 e 8.1 com PCs equipados com processadores Intel Core da 6º geração, os Syklake,seriam obrigados a migrar para o Windows 10 em 2017, já que essas duas versões não receberiam mais as atualizações críticas, com esse anúncio a Microsoft quis deixar claro que hardare novo só teria apoio com a sua nova versão, dificultando um downgrade em um PC comprado já com a dobradinha Skylake e Windows 10 pré-instalado, já que no próximo ano o usuário ficaria sem as atualizações mais essenciais, que envolvem diretamente a segurança.

Depois de uma avalanche de críticas, a Microsoft resolveu voltar atrás, e anunciou que continuará prestando suporte para os PCs com Skylake, pelo menos até 2023, na verdade, o Windows 7 contará com suporte até o dia 14 de janeiro de 2020, enquanto no Windows 8 o suporte vai até o dia 10 de janeiro de 2023.

Além desse anúncio, a Microsoft fez questão de frisar, que as próximos processadores tanto da Intel como AMD, Kaby Lake (e Cannonlake também), e Zen, respectivamente terão suporte apenas no Windows 10.

Fonte: hardware.com.br