Galax Geforce GTX 950 EXOC White 2GB

Galax Geforce GTX 950 EXOC White 2GB

Compartilhar

Review produzido pela equipe Teclab.
Análise e Artigo por Rafael Anaia
Fotos e benchmarks por Jackson Schenkel

Baseada na arquitetura Maxwell, em agosto de 2015 emergia no mercado mundial a GeForce GTX950, uma placa baseada no mesmo chip GM206 da GTX960 lançada em Janeiro, porém com algumas modificações para atender outra parcela do mercado. Lançada sob o preço sugerido de US$159 logo se percebeu o potencial destas placas e não demorou para que tivéssemos diversos modelos especiais disponíveis. Hoje, faremos a análise do que promete ser a melhor versão de GTX 950 do mercado, a GALAX GTX 950 EXOC White 2GB.

Contando com especificações robustas, provavelmente as mais fortes do mercado, esta placa vem de fábrica com os clocks de 1683MHz em suas memórias e nada menos que 1203/1405MHz(base/boost) em sua GPU, valores que lhe garantem um overclock de fábrica de mais de 200MHz em relação a placa de referência e graças a isto um grande aumento em seu desempenho também.

TABELA_VGA_4_Teclab

Mas o que a GALAX fez nesta placa para conseguir especificações tão fortes? Vamos a nossa análise!

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_front_03

Afinal, o que significa ser uma EXOC White?

Com design bem diferenciado, não é preciso ser nenhum especialista para perceber logo de cara que não se trata de uma placa comum. A começar pelo seu exterior, a primeira vista nos chama bastante a atenção sua cor branca e suas duas ventoinhas de 90mm. Contando com um cooler exclusivo da GALAX, esta placa é sem dúvidas muito mais silenciosa e fria que o modelo de referência.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_front_02

Ainda sobre seu cooler, esta placa também conta com tecnologias específicas para redução de ruído sonoro. A começar pela sua forma de trabalho, nesta placa suas ventoinhas de 90mm só irão funcionar caso a temperatura passe de um determinado patamar ou quando houver carga em sua GPU. Deste modo a GALAX GTX 950 EXOC se torna não só uma placa mais silenciosa e esperta, mas também uma placa que suja menos, exigindo menos manutenção.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_front_01

Construído sobre material plastico de boa resistência, a placa fica praticamente toda coberta pelo seu cooler de design aberto. Este tipo de design apesar de garantir uma refrigeração muito mais eficiente que o tipo blower, de algumas placas de referência, ele exige um pouco mais da refrigeração do gabinete, de forma que apenas parte do ar que passa pelo cooler vai diretamente para fora do computador.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_sideGALAX_GTX950_EXOC_WHite_side2

Em sua lateral já podemos visualizar seus três heatpipes responsáveis pela transmissão de calor neste cooler, além da inscrição GTX Geforce. Aqui também podemos visualizar seu único conector para SLI, sendo possível que sejam ligadas até duas destas placas em paralelo.

Seu cooler cobre praticamente toda a placa e graças a isto, os componentes embaixo dele também são refrigerados por tabela. Desta forma, suas duas ventoinhas de 90mm refrigeram não
apenas a GPU e as memórias, como seu ar residual resfria o VRM e os demais componentes da placa.
GALAX_GTX950_EXOC_WHite_back_01

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_connectorEm sua parte de baixo, esta placa ainda conta com um Backplate na cor branca. Este acessório além de melhorar muito o acabamento da placa, ainda serve de arrefecimento para sua PCB e possui função estrutural, deixando a placa mais rígida.

Em seu painel traseiro encontramos duas saídas DVI (1x DVI-D e 1x DVI-I), uma HDMI 2.0 e uma Display port 1.2. Através delas é possível que sejam ligados até três monitores em simultâneo.

Projeto e PCB da GALAX EXOC White

Partindo agora para uma análise mais técnica, desmontamos a placa e chegamos em sua PCB. Soltando apenas 4 parafusos, é possível remover seu cooler e chegar em sua GPU e memórias, tornando muito fácil a sua manutenção, limpeza e troca de pasta térmica.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_open_Cooler_pcb

GALAX_GTX_950_Exoc_White_gpuMedindo cerca de 23CM, sua PCB é sem dúvidas muito maior que a da placa de referência da Nvidia. Com design próprio da GALAX, esta placa vai muito além da a placa de referência não só em suas especificação mas também em sua construção e componentes.

Na região central da placa já podemos localizar a sua GPU GM206 da arquitetura Nvidia Maxwell. Diferentemente da GTX 960, na GTX 950 esta gpu opera simplificada, com apenas 768 Shaders. Em sua volta também já podemos localizar três de seus 6 chips de memória GGDR5 da samsung com densidade de 512Mb cada e que operam na frequência efetiva de 6730MHz.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_PCB_02

GALAX_GTX_950_Exoc_White_PCB_BACKUma das características mais importantes desta placa sem dúvidas é o seu circuito de alimentação. Neste aspecto, apesar de ser uma placa que em teoria consome menos de 100W, ela conta com um VRM com nada menos que 4+1 fases (4 para GPU e 1 para Vram), garantindo não só uma excelente filtragem e alimentação para a GPU e memórias, como também bastante room para overclocking.

Outro diferencial importante é que tanto seu VRM, quanto suas memórias possuem dissipadores e são resfriadas ativamente pelo cooler da placa, deste modo garantindo baixas temperaturas de operação nestes componentes.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_VRM

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_PCI_E_6pinAinda falando sobre energia, para sua alimentação, esta placa conta com apenas um conector PCI-E de 6 pinos em sua lateral.

Em seu cooler, a transmissão de calor é feita através de três heatpipes que entram em contato com a GPU por uma base em cobre e transmitem o calor para as aletas de alumínio, desta forma refrigerando a placa. Sua construção ainda é bastante sólida e bem acabada, sendo compatível com o restante da qualidade da placa.

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_cooler

Nossos testes

Para nossos testes com a GALAX GTX 950 EXOC White, resolvemos fazer uma comparação direta dela com uma de suas concorrentes de preço da AMD, a MSI Radeon R7 370 Armor 2x.

Para tal, utilizamos duas máquinas idênticas e rodando lado a lado com a seguinte configuração.

Processador: Intel Core I5 4590

Placa Mãe: AsRock B85M Pro 4

Refrigeração CPU: Corsair H80i GT

Memórias: 2x4GB Corsair Vengeance 1600MHz

Fonte: Corsair CX500M

Gabinete: Corsair Graphite 230T

SSD: Corsair Neutron 480GB

GALAX_GTX950_EXOC_WHite_SLI

Software

Driver AMD: Catalyst 15.7.1

Driver Nvidia: Nvidia Forceware 355.65

Windows 10

Metodologia

– Computadores idênticos
– Média aritmética de no mínimo 3 resultados para cada benchmark.
– Todos os aplicativos que podem influenciar resultados, desabilitados.
– Os estados de energia no padrão de desempenho máximo.
– Todas as corridas realizadas após reinicialização.
– Temperatura ambiente, sempre entre 25 ºC ± 2 ºC.
– Em testes de jogos, utilização dos mesmos cenários.
– Monitores, resoluções, filtros, texturas idênticos.
– Drivers em padrão de fábrica (último disponibilizado, se possível WHQL) Nvidia 355.65 Beta e AMD 15.7.1 WHQL

Informações relevantes:

– Para esta avaliação, foi utilizado o Windows 10, pois os resultados diante da migração para o novo sistema operacional, são mais interessantes para o público e para os fabricantes (apesar de ainda um SO novo, os resultados e aprovação têm se mostrado satisfatórios e muito promissores).
– Não foi utilizado Overclocking (processador e memórias), porém no teste 3DMark Fire Strike, fizemos para medir o desempenho máximo da GALAX GTX 950 EXOC White (que por sinal mostrou-se, comparados os resultados verificados na NET, o mais rápido dos modelos, com 1405 / 6730 Mhz de BOOST e impressionantes 1610 / 2065 Mhz de overclocking no seu sistema de refrigeração original e sem tensão extra.
– Tanto a GALAX GTX 950 EXOC White quanto a MSI R7 370 Armor 2X não são placas de referência, mas modelos especiais dos fabricantes em questão. Não verificamos resultados de placas de referência de nenhum dos dois modelos.

Informações extras:

– Para medição do consumo REAL, diferentemente dos websites e reviews que verificamos na NET, o TecLab utiliza metodologia própria e comprovada, calculando o consumo da placa INDEPENDENTE do computador. São medidas com dispositivo preparado por nós, as correntes e tensões das linhas de 12,0 e 3,3 Volts provenientes do PCIex, bem como o consumo principal da linha de 12V pelo conector da fonte. Desta forma obtemos com alta precisão a potência requerida tanto em Idle quanto em Full Load.
– Para os testes de temperatura e consumo, foi utilizado o software Furmark na resolução 1920 x 1080, pelo tempo de 150 segundos em ambas as placas.
– Para medição e aferição de temperatura foi utilizada uma FLIR E8 e o software específico de estresse.
– Foram realizados 4 testes como amostra, sendo 1 na Live Stream e mais 3 no dia subsequente.
– O driver da Nvidia utilizado não é oficial, pois no dia do lançamento não havia disponível.

Os resultados

Todos os nossos testes e a análise completa pode ser vista em nosso canal do youtube, neste vídeo a seguir.

Benchmarks

Temperaturas e consumo

Com temperatura ambiente sempre em 25ºc, podemos observar que a placa da GALAX se manteve sempre bastante fria, mantendo os níveis de ruído e temperatura bastante baixos. Nos testes de consumo energético, os resultados a seguir são correspondentes apenas ao consumo energético da placa, sem interferência do restante do sistema.

Em ambos os testes pudemos observar que placa da Galax mostrou-se mais eficiente que a MSI Radeon R7 370, tanto pelo seu consumo mais baixo, quanto pela sua menor temperatura de operação.

Conclusão

Quando paramos para analisar, há pouco tempo atrás qualquer placa com 20 ou 30Mhz a mais já era lançada como versão “Turbo”, onde os fabricantes cobravam mais caro por este tímido overclock de fábrica, que representava pouco ou quase nenhum ganho prático para o usuário. Hoje em dia tudo mudou e esta placa da GALAX é o exemplo perfeito disto. Esta placa vem de fábrica com um aumento considerável e atinge até 217Mhz a mais que o clock máximo da placa referência em boost, ficando desta forma em um patamar próprio de desempenho.

Analisando seu overclocking, atingimos nesta placa os clocks de 1610MHz/2065MHz (GPU/Memórias) sem acréscimo de tensão, representando um aumento de 16% em seu desempenho e sem muito acréscimo de consumo e temperatura.

Quando comparada com a MSI Radeon R7 370, a GALAX GTX 950 EXOC se manteve sempre acima, superando sua rival em praticamente todos os testes com uma vantagem que variou entre de 7% e 30%. Além disto, quando rodando em overclocking, esta placa chegou a superar a R7 370 por cerca de 52% no 3dMark Fire Strike.

Sobre seu cooler, esta placa sem dúvidas possui uma das melhores refrigerações encontradas em uma GTX 950. Tanto pelo seu desempenho térmico, quanto pelo seu baixo ruído sonoro, qualidade de construção e aparência, este cooler sem dúvidas é um dos principais diferenciais da placa. Suas duas ventoinhas de 90mm realmente dão conta do recado, ao mesmo tempo que suas leds brancas e seu backplate a deixam com uma aparência realmente única.GALAX_GTX950_EXOC_WHite_front_05

Vale a pena?

Analisando seus custos, a GTX 950 no geral fica no mesmo patamar de preços que a AMD Radeon R7 370. Com preço sugerido no exterior de US$159, a GALAX GTX 950 EXOC White fica posicionada acima dos modelos custom de R7 370, como a MSI que testamos, e abaixo de alguns modelos básicos de R9 380. Da mesma forma, quando comparada com os demais modelos custom de GTX 950, esta placa é encontrada no Brasil por cerca de R$1000 à R$1100.

Neste faixa de custo, por um preço inferior aos modelos overclockados de suas concorrentes, como MSI, EVGA e Gigabyte, e ainda contando com 2 anos de garantia no Brasil, a GALAX oferece a GTX 950 com as especificações mais fortes do mercado, ou em outras palavras, a placa com o maior desempenho bruto, sem que ela seja o modelo mais caro de GTX 950. Desta forma, temos sem dúvidas um excelente Custo X Benefício para quem busca comprar uma GTX 950 diferenciada.

Pontos Positivos:

Design muito bonito, sólido e diferenciado

Excelente acabamento com presença de backplate

Alto poder de refrigeração, silencioso para uso normal e com grande fluxo de ar quando necessário

VRM de 4+1 fases digitais

Alto potencial de overclocking

Garantia de 2 anos no Brasil e suporte em português

Pontos Negativos

Nenhum problema significativo foi encontrado

Avaliação final:

Desempenho e Overclocking -> 9

Preço -> 9

Refrigeração -> 10

Nota Geral: 9,33