AMD reorganiza grupo Radeon e anuncia nova liderança depois da saída de...

AMD reorganiza grupo Radeon e anuncia nova liderança depois da saída de Raja Koduri

Compartilhar

A AMD terminou 2017 sem uma liderança oficial para seu Radeon Technologies Group (RTG), depois que Raja Koduri surpreendeu a todos ao deixar o grupo e partir para um cargo na Intel em novembro. Agora, a empresa está anunciando uma leve reestruturação na sua divisão Radeon e os dois nomes que vão liderar o segmento. Exatamente, não um, dois nomes: David Wang e Mike Rayfield.

David Wang na liderança do Grupo de Engenharia do RTG

Uma das mudanças trazidas para o RTG é essa divisão entre engenharia e negócios. O grupo continua operando como um segmento isolado da AMD e um de seus líderes será Wang, na área de engenharia. Ou seja, este é o nome que vai assumir mais diretamente o trabalho de Koduri.

David Wang trabalhou durante anos na AMD, onde chegou a ser vice-presidente corporativo da área de GPU e SoC da empresa. Seu útlimo cargo, no entanto, era na Synaptics, como vice-presidente sênior. A descrição oficial da AMD para as atribuições do executivo é: “engenharia de gráficos, incluindo estratégia técnica, arquitetura, hardware e software para produtos gráficos da AMD.”

Mike Rayfield na liderança do Grupo de Negócios do RTG

O cargo de Rayfield carrega o mesmo peso de liderança de Wang para o grupo RTG, mas foi, de certa forma, criado na reestruturação. O executivo conta como experiência a vice-presidência e gerência geral da unidade de negócios mobile da Nvidia, durante a criação dos chips Tegra, e ele também já foi diretos de negócios na Cisco. Rayfield já trabalhou em cargos executivos também na Micron e na GM.

Ao todo são 30 anos de experiência que ele traz para o grupo RTG mais na parte de negócios e planejamento. Um dos desafios para Rayfield será conciliar o “boom” da mineração de criptomoedas, que tem afetado especialmente as GPUs AMD, ao mesmo tempo em que ele não sacrifica o público gamer, mais tradicional para a empresa.

Além dessas mudanças, os negócios de soluções semi-customizadas da AMD está saindo de sua divisão Empresas e Integrados e vai passar a fazer parte do grupo RTG também, sob a tutela de Rayfield.

Com a liderança definida e estrutura renovada, agora é esperar pra ver se a AMD enfim vai tomar uma posição pró-ativa e entregar estratégias para contornar os problemas mercadológicos que tem sido trazidos pelo esgotamento de GPUs por parte dos mineradores e também se teremos um lançamento menos morno do que foi a Vega para a próxima geração Navi de placas de vídeo.

Via: Adrenaline