AMD Radeon Vega Frontier chega ao mercado como GPU mais rápida para...

AMD Radeon Vega Frontier chega ao mercado como GPU mais rápida para Machine Learning

Compartilhar

AMD começou as vendas da primeira placa de vídeo com sua nova arquitetura Vega, a Radeon Vega Frontier, que chega para ser o mais rápido processador gráfico para aprendizado de máquina (do inglês machine learning).

A versão mais barata tem resfriamento a ar e custa US$ 999 (R$ 3,3 mil em conversão direta), o que é algo comum para placas profissionais. Esse preço é menor que o da Nvidia Titan Xp, a atual placa de Nvidia que fica entre o mercado para consumidores e o profissional – e que sai por US$ 1,2 mil (R$ 4 mil). Já o modelo com resfriamento líquido sai por US$ 1,5 mil (R$ 5 mil).

Como destaque, a Raden Vega Frontier possui 16 GB de memória HBM2num barramento de 2048-bits e produz uma largura de banda de memória de 483 GB/s. São 64 unidades de computação (os famosos CUs), 4096 processadores stream e clock de 1875 GHz.

Segundo a AMD, a placa produz 12.5 TFlops de desempenho computacional FP32 e 25 TFlops de desempenho FP16. Isso é um pouco acima da Titan Xp, que possui 12 TFlops de FP32.

Radeon Vega Frontier vs Titan Xp
A AMD forneceu dois PCs quase idênticos para o pessoal do site PCWorldtestar a nova placa. As especificações em comum incluem CPU Ryzen 7 1800X, 32 GB de memória RAM DDR4 rodando a 2400 MHz e um monitor 4K. As máquinas ainda utilizavam Windows 10 Enterprise e SSD para armazenamento.

Nos testes sintéticos, a Vega Frontier apresentou desempenho 15% a 50% superior ao da Titan Xp. “No tempo em que tivemos para fazer os testes, percebemos que a Frontier Edition desbanca a Titan Xp em 28% nos softwares Catia e Creo e em 50% no SolidWorks. Também usamos o Cinebench – Maxon, que concluiu que a Frontier Edition é 14% mais rápida”, conclui o artigo.

Via: Videocardz , Hot Hardware , Hexus, Adrenaline